dezembro 18, 2005

Nesse blog quero contar historias... Que eu li e gostei, que eu vi que tinha uma mensagem legal, que eu mesma inventei ou modifiquei algumas qua ja existem pra contar pros meus filhos. Mas pra comecar, tenho que contar um pouco da minha historia, que eh triste mas que espero que tenha um final feliz um dia...
Minha mae sonhava com um principe encantado que a livraria do seu pai violento. E quando meu pai chegou, alto, loiro dos olhos azuis e falando coisas bonitas, ela achou que tinha encontrado. Ele nao veio num cavalo branco mas era fazendeiro. tava perto. Casaram e tiveram uma filha linda, loirinha e boazinha. Agora faltava o principe e nasce eu, mulher e morena. so um ano depois nasce o esperado principe, de novo loirinho... E o principe da mamae virou ogro. E eu virei o saco de pancadas pra ele treinar... Tudo era culpa da nega, que era como ele me chamava quando nao era de cadela. E foi assim que ele começou a me usar. Com 10 anos ele mandou minha mae embora comigo de casa porque arrumou outra mulher mas todo final de semana eu tinha que ir com ele pra fazenda e aliviava a necessidade dele de espancar alguém. Nesse tempo, meu tio, irmao dele, começou a me usar e foi assim ateh os 13 anos quando engravidei dele. Ele fugiu e eu tive minha filha. Foi dificil a gravidez e o parto mas quando ela mamou em mim eu vi nos seus olhos dizendo: me ame. preciso de voce. e nela eu vi a crianca que eu fui e a amei pra sempre naquele dia. Ainda tive que conviver com meu pai pois nao tive coragem de contar pra minha mae e pro meu padrasto dele. E comecei a sonhar com o meu principe encantado tambem que ia me livrar de tudo. E ai chega um menino que me ve carente e me da carinho. Sem saber de nada me entrego pra ele, cheia de planos de casamento e de ser feliz. e vem o novo susto. gravida de novo. quando penso que tudo vai se ajeitar e vamos formar uma familia, preciso mudar correndo de cidade pelas ameacas do meu pai, descubro que meu principe tambem não existe. Ele so quis tambem me usar e me largou como se nao fosse nada. Nesse tempo, comecei a navegar na net e amigos foram aparecendo na minha vida. e fui vendo que muitos viviam como eu. e comeco a descobrir que tenho com quem contar. Meu filho nasce antes do tempo e foi uma luta pra sobreviver. Ficou 28 dias no hospital e nesse tempo, eu sentia o apoio dos meus novos amigos e da minha nova familia. Sim, com a mudanca de cidade e os problemas que passamos, formou um nova familia. Meu padrasto virou o pai que nunca tive. Minha mae comecou a aprender junto comigo a ser mae e amiga. meus irmaos e mais dois novos irmaos que ganhei agora. E assim tem sido a minha vida. Filhos, familia, amigos, e um aprender todo dia. Aprendi a chorar mas tambem aprendi a dividir minha dor e minha alegria. Estou aprendendo amar e tambem a ser amada. E quem sabe caminhar para um final feliz. Nao o de contos de fada, não acredito mais neles, mas os da vida real onde a dor, a alegria, o amor, a paz, tudo convivam juntos e que as coisas ruins nos dêem forças pra poder dar valor nas coisas boas. E nessa minha luta e nova vida, tenho encontrado DEUS e hoje quero agradecer a Ele e tb as pessoas que tem me mostrado que Ele existe e me ama e cuida de mim e dos meus filhos...

¤ Por: ¤ 10:09 AM ¤ (2)








Nome: Menina

Idade: 16 anos













.+. Blog de amigos .+.



Chan De Su

Chan De Su 2

Dy

Fabiola

Ingrid

Juh

Lela

Lelê

Maggie

Milla

Os Bailarinos

Princesinha

Raquel Angelica

Sonho ou Pesadelo




O SOL * Jota Quest


.+. Arquivos .+.





.+. Créditos .+.



Portal By Marina

Comunidade Blogueira

VICKYS.com.br

TopLegal

Powered by Blogger










By TopLegal

O SOL



Hey!!!Dor
Eu não te escuto mais
Você não me leva a nada
Ei medo
Eu não te escuto mais
Você não me leva a nada

E se quiser saber pra onde eu vou
Pra onde tenha sol, é pra lá que eu vou
E se quiser saber pra onde eu vou
Pra onde tenha sol, é pra lá que eu vou

Hey!!!Dor
Eu não te escuto mais
Você não me leva a nada
Ei medo
Eu não te escuto mais
Você não me leva a nada

E se quiser saber pra onde eu vou
Pra onde tenha sol, é pra lá que eu vou
É pra lá que eu vou
E se quiser saber pra onde eu vou
Pra onde tenha sol, é pra lá vou
É pra lá que eu vou

Yeah
Caminho do sol baby
Lalalalala
Caminho do sol baby

E se quiser saber pra onde eu vou
Pra onde tenha sol, é pra lá que eu vou
E se quiser saber pra onde eu vou
Pra onde tenha sol, é pra lá que eu vou
É pra lá que eu vou

E se quiser saber pra onde eu vou
Pra onde tenha sol, é pra lá que eu vou
É pra lá que eu vou
E se quiser saber pra onde eu vou
Pra onde tenha sol, é pra lá que eu vou
É pra lá que eu vou

E se quiser saber pra onde eu vou
Pra onde tenha sol, é pra lá que eu vou
É pra lá que eu vou
Lalalalalalala
É pra lá que eu vou
Lalaralara
Onde tenha sol, é pra lá que eu vou

Jota Quest

Composição: Antônio Júlio Nastácia